OLHO POR OLHO

do outro lado da rua tem uma janela podre
com uma cortina podre atrás da qual
uma velha podre se esconde
para me espreitar todos os dias.

eu sei quando ela está lá porque a simples presença
da megera espanta os pássaros dos fios de luz
e afugenta os gatos que tomam sol embaixo da janela.

a fresta por entre as abas da janela é fina
mas com o meu binóculo Zetax consigo localizar
o topo da cabeça e imaginar a posição do olho
que me espreita mais abaixo.

isso me faz lembrar do tempo em que eu era cobra
no tiro com espingarda de pressão com chumbinho envenenado
(eu os mergulhava no vinagre até começarem a esverdear).

nunca um camundongo ou uma barata desatenta
sobreviveu num raio de trinta metros lá no fundo do quintal:
o chumbinho sempre entrava pela cabeça, varava tudo e sumia na terra.

se fosse naquele tempo a velha da janela já não estaria mais
enxergando um pingo de luz sequer com uma das vistas mas,
olho por olho, preciso ir urgente ao oculista.

TÔ LIGADO...

Pai, disse o filho, eles já não querem mais saber da gente como antigamente.
Verdade, filho, verdade, respondeu o pai com os punhos cerrados de raiva.
E prosseguiu: picaretas que não têm procuração para falar em nosso nome tanto fizeram que queimaram o nosso filme total.
Só, pai, só, replicou o filho.
Malditos sejam esses vagabundos por toda eternidade, filho !
É isso aí, pai, tô ligado...
Vagabundo tem que se foder mesmo, véio.

LINHA DE TIRO

Alto ! Quem vem lá !?
Aqui é o Espírito do Espanto !
Para senão eu atiro !
Ah ! vê se me erra otário !
Vai cuidar da tua vida que você ganha mais seu mané !

FRAPÊ DE MORANGO DO CACETE.

essa história que
todo mundo tem
criatividade
é
papo
furado.

criatividade não
é como
capim
que dá em
qualquer canto.

muito menos uma
dádiva dos deuses.

ou um frapê de morango do cacete.

QUALQUER VACILO PODE SER FATAL.

é comum o cara pensar
que os homens ficam escrotos
apenas quando envelhecem.

esse erro já custou caro
para muitos otários
que subestimaram
a filha-da-putice
engatilhada no ser humano
desde que ele nasce.

a parada pode oscilar
mas a essência
é sempre a mesma:
a filha-da-putice
permanece imutável
do início ao fim
como um bom vinho enrustido
num barril de carvalho.

qualquer vacilo pode ser fatal:
eles metem no teu rabo sem pestanejar.

e minutos depois vão ao culto,
de camisa engomada e saia abaixo do joelho e etc. e tal,
bater uma para o deus de papel deles,
como se nada tivesse acontecido.

RICOS QUE CURTEM MERDA.

um dos maiores problemas quando o cara tá na merda
é que ele nunca consegue limpar direito o lugar onde ele
caga,
dorme,
mija
ou come,
quando come.

mas também há muitos ricos imundos
que fedem mais que a moral política
que o pensamento conservador
que a religião das virgens de pernas cabeludas.

Há muitos ricos que curtem merda.

ESTUPROS, PESCOÇOS E PORRETES.

todo mundo já teve vontade de enterrar a faca em alguém
mas a lei não permite que você faça isso
mesmo que alguém tenha estuprado e matado sua filha,
sua mulher,
sua família,
sua vida.

enquanto isso
otários esperam pacientemente na sala de audiências
sua excelência fazer alongamentos na academia
e a outra excelência coçar o saco no café das futilidades.

quando éramos bárbaros não havia nada disso.
simplesmente fazíamos justiça com as próprias mãos
quebrando o pescoço do filha da puta na base do porrete
e da pedra lascada.

BOTÃO PARA EJETAR VIZINHOS PENTELHOS.

Devia haver um botão para ejetar
vizinhos pentelhos
lá pro
raio que o parta !

bastaria apertá-lo e ziiiiiiiiiiiiiimmmmmmmm !
adeus falatório infernal
adeus marteladas
adeus cachorro latindo
adeus amante chegando
adeus chave encrencada na fechadura
adeus vizinho pentelho de uma figa !

Nunca conheci alguém que não tivesse tido uma bosta dessas na vida.